#PlenaeApresenta: Fafá de Belém e a fé sem fronteiras

A nacionalmente conhecida e adorada, Fafá de Belém, conta sobre o surgimento de sua fé e como ela a rege até hoje

14 de Junho de 2021



Quando foi a sua primeira relação com o divino? Para Fafá de Belém, foi antes mesmo de seu nascimento. Representando o pilar Espírito na quinta temporada do Podcast Plenae, ela começa o seu relato contando não uma história sua, mas de seu pai.

Ele, que ficou entre a vida e a morte ainda criança, prometeu a Deus, junto de sua tia, dedicar o nome de sua primeira filha à Nossa Senhora de Fátima caso sobrevivesse. E assim o fez: Fafá de Belém nasceu muitos anos depois do acontecimento, mas já carregando dentro de si uma história de milagre.

Por ter nascido e crescido em Belém do Pará, berço da maior procissão mariana do mundo - o Círio de Nazaré - a prática espiritual se tornou ainda mais forte. Católica fervorosa e praticante, a cantora conta que sentiu sua primeira manifestação divina direta ainda aos 9 anos, quando fazia a Primeira Comunhão e, durante uma confissão, sentiu seu corpo elevar-se.

Esse sentimento voltaria a se repetir ainda inúmeras vezes ao longo de sua vida. Em todas as procissões em sua terra natal, nas quais ela sempre fez questão de comparecer de alguma forma por toda a vida, e em demais visitas a locais considerados sagrados pelo mundo. Em seu relato, ela diz que essa frequência divina, sobretudo quando há muitos fiéis reunidos, é tão arrebatadora que a faz chorar e entrar em êxtase.

Para uma pessoa de tamanha fé, seria um sonho impossível conhecer a figura mais representativa de sua religião no mundo, certo? E ele se realizou não uma, nem duas, mas três vezes! Fafá de Belém teve a oportunidade de conhecer papas diferentes, e o melhor: tocá-los com a sua arte, cantando para eles em ocasiões distintas.

Mas, apesar de se identificar com uma religião específica, Fafá acredita que a fé e a espiritualidade não devem necessariamente receber um nome. Basta existir essa força positiva e pulsante dentro do indivíduo, sem que seja necessário encaixar-se em um único dogma. Você confere mais desse emocionante relato na quinta temporada do Podcast Plenae. Aperte o play e inspire-se!

Compartilhar:


#PlenaeApresenta: Letticia Munniz e as pazes com quem se é

Apresentamos a modelo e comunicadora Letticia Muniz, representante do pilar Corpo na décima segunda temporada do Podcast Plenae

20 de Junho de 2023



Quando você pensa em liberdade e fecha os olhos, qual a imagem que te aparece? Esse é um conceito amplo e pode variar muito de pessoa para pessoa. Para a representante do pilar Corpo, Letticia Muniz, a liberdade veio quando ela abandonou velhos conceitos do que era belo e do que era magro. 

Hoje, Letticia possui um milhão de seguidores em sua conta no Instagram. Isso mesmo que você leu: não são milhares, é um milhão. Sem contar as várias parcerias com marcas e projetos com a moda. Mas, nem sempre foi assim. E é nesse relato que conheceremos um pouco mais sobre sua infância, adolescência e juventude marcadas por uma obsessão pelo emagrecimento. 

Em busca de reduzir suas medidas e o número que via na balança, ela tentou de inúmeras manobras extremamente perigosas e nada indicadas pelos médicos. O humor, tão inerente a si quanto suas curvas, a salvava de não virar piada entre seus amigos - ou ao menos não se abalar diante das poucas que arriscaram. 

Sua virada de chave veio aos 28 anos, quando se deparou com uma influenciadora e modelo mundialmente conhecida, Ashley Graham. Foi somente nesse sublime momento no ambiente digital, que a apresentadora e comunicadora entendeu que beleza nada tem a ver com número, que suas qualidades eram múltiplas e que é possível se amar como se é. As pazes consigo mesma começaram a ser seladas ali, no que marcaria uma verdadeira revolução em sua vida.

Tanto Letticia como Graham fazem parte de um movimento chamado body positive, que busca acima de tudo, ajudar as pessoas a serem mais positivas com o seu próprio corpo e prega a auto aceitação. Isso não quer dizer que a saúde não importa, mas a intenção aqui é justamente revisitar esses preconceitos do que é saudável e o que não é. 

Para ouvir mais desse relato e tudo que ele traz consigo, é só buscar pelo quarto episódio da décima segunda temporada do Podcast Plenae na sua plataforma de streaming favorita. Aperte o play e inspire-se!

Compartilhar:


Inscreva-se na nossa Newsletter!

Inscreva-se na nossa Newsletter!


Seu encontro marcado todo mês com muito bem-estar e qualidade de vida!

Grau Plenae

Para empresas
Utilizamos cookies com base em nossos interesses legítimos, para melhorar o desempenho do site, analisar como você interage com ele, personalizar o conteúdo que você recebe e medir a eficácia de nossos anúncios. Caso queira saber mais sobre os cookies que utilizamos, por favor acesse nossa Política de Privacidade.
Quero Saber Mais