Coloque em prática

Plenae Drops: Michel Schlesinger e os aprendizados da pandemia

Você tem aprendido com as mudanças da vida? O rabino Michel Schlesinger conta sua experiência e adaptações que o engradeceram

20 de Agosto de 2020


O que tiraremos de todo o período de isolamento social? O rabino Michel Schlesinger, em "Aprendizados e oportunidades da pandemia" , é o #Dropper convidado do Plenae Drops de hoje, representando o pilar Contexto.

Para ele, a pandemia também foi sinônimo de adaptação. Ele conta que, de imediato, não gostou de rezar em frente à uma câmera pela primeira vez. Mas depois, ao perceber que esse seria único caminho para continuar levando a fé na casa de seus seguidores, o esforço valia a pena.

Aprender com as mudanças é extremamente importante para atravessarmos tempos de crise. Você tem aprendido?

Assista o vídeo a seguir:

Plenae Drops: a pausa que o seu dia precisa!

Compartilhar:


Coloque em prática

Conheça a dieta do envelhecimento saudável

Novas evidências sugerem que dieta com benefícios importantes para o seu corpo e cérebro também pode promover uma vida longeva saudável

14 de Junho de 2019


Ter uma alimentação saudável é simples. Basta consumir mais vegetais, frutas e proteínas. E ingerir menos carboidratos processados, que seriam substituídos por alimentos integrais. Segundo um número crescente de pesquisadores, essa seria a forma de maximizar as chances de desfrutar de um envelhecimento saudável .

Há uma variedade de nomes para este tipo de alimentação, dentre eles, “dieta mediterrânea” e “dieta à base de plantas”. A essência é a mesma. A alimentação gira em torno de vegetais, incorpora alguns tipos de proteína e gordura, e limita bastante os alimentos processados e os carboidratos refinados, como os encontrados em enlatados e pães brancos – que são trocados por integrais.

Na prática

Os estudos sugerem um prato repleto de vegetais, como espinafre, tomate e feijão, acrescido de proteínas e gorduras provenientes de salmão, nozes e ovos. Perda de peso, fortalecimento do coração e diminuição dos sintomas depressivos são alguns dos benefícios percebidos a curto e médio prazo.

Pesquisadores do Instituto Neuromed, da Itália, descobriram que os adeptos da dieta mediterrânea apresentaram menor probabilidade de desenvolver doenças do que seus pares que não aderiram à mesma alimentação. “Quanto mais você seguir a dieta, maior será o ganho em termos de redução do risco de mortalidade”, disse Licia Iacoviello, chefe do Laboratório de Biologia Molecular e Epidemiologia Nutricional, do Instituto Neuromed, em um comunicado à imprensa.

O estudo analisou cerca de 12 mil pessoas e descobriu que a dieta mediterrânea pode ser um escudo protetor do envelhecimento saudável. Os resultados foram publicados no British Journal of Nutrition, da Universidade de Cambridge.

Leia o artigo completo aqui.
Fonte: Erin Brodwin, para Business Insider
Síntese: Equipe Plenae

Compartilhar:


Inscreva-se na nossa Newsletter!

Inscreva-se na nossa Newsletter!


Seu encontro marcado todo mês com muito bem-estar e qualidade de vida!

Grau Plenae

Para empresas
Utilizamos cookies com base em nossos interesses legítimos, para melhorar o desempenho do site, analisar como você interage com ele, personalizar o conteúdo que você recebe e medir a eficácia de nossos anúncios. Caso queira saber mais sobre os cookies que utilizamos, por favor acesse nossa Política de Privacidade.
Quero Saber Mais