Coloque em prática

Como diminuir o desperdício de alimentos em casa?

Enquanto a fome avança no Brasil, o desperdício de alimentos infelizmente também. Qual é o seu papel para modificar esse cenário?

23 de Dezembro de 2021


Vivemos uma enorme contradição: enquanto a fome avança no Brasil e mais 19 milhões de pessoas não têm o que comer - triste indicador que quase duplicou desde 2014 - também desperdiçamos um total de 55 milhões de toneladas de alimento por ano no país. Estamos na lista dos dez países que mais desperdiçam alimentos no mundo, gerando o descarte de aproximadamente 30% de tudo que é produzido para o consumo. 


Segundo o relatório Fome e abundância - Incoerência brasileira, realizado em 2021 pela União São Paulo, Consultoria do Amanhã e Integration, temos um potencial de reduzir significativamente esse desperdício, colocando 50 milhões de toneladas de alimentos à disposição da população. Isso representa 10 vezes a quantidade de alimento necessário para combater a fome. Reduzir o desperdício de alimentos ainda é a forma mais sustentável de diminuir perdas de recursos naturais e é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável aprovados pelas Nações Unidas. 


Esse desperdício se encontra em toda a cadeia produtiva, que vai do produtor, passando pelo transporte e armazenamento, chegando na mesa do consumidor. Portanto, ele também nos diz respeito. Você já pensou o quanto suas atitudes e comportamentos podem contribuir para mudar esta situação? 


No elo do consumidor, temos um desperdício de 7,5 milhões de toneladas de alimento por ano, o que representa 15% do total desperdiçado na cadeia produtiva. Isso se dá, especialmente, porque temos uma cultura de abundância de comida à mesa, valorizando refeições frescas, feitas no mesmo dia. 


O ato de receber familiares e amigos com excesso e variedade de alimentos nas refeições, está associado não apenas ao zelo e cuidado familiar, mas também ao status. Em um país tão desigual, mesa farta é símbolo de riqueza. Ao mesmo tempo, 68% da população considera importante ter a despensa cheia, o que aumenta a probabilidade de perda de alimentos por prazo de validade. 


É por essas e outras que precisamos rever nossos hábitos de consumo alimentar de forma urgente e fazer nossa parte para diminuir esta contradição. A mania de jogar comida fora pode parecer inocente, mas no final do mês, isso gera prejuízos para o seu bolso, para a sociedade e para o meio ambiente. Separamos algumas dicas de como reduzir esse desperdício e, assim, fazer parte desta mudança! 


1- Planeje o que vai comer e faça listas de compras com os ingredientes necessários

Muitas vezes vamos ao mercado e compramos alimentos sem ter um cardápio em mente. Esta atitude pode nos fazer comprar mais do que conseguimos consumir, dentro dos prazos de validade dos alimentos.


2 - Compre menos e se programe para ir mais vezes ao mercado

Fazendo pequenas compras você garante que vai ter sempre alimentos frescos na sua geladeira.


3 - Conserve os alimentos em locais limpos e com a temperatura adequada

Perdemos muitos alimentos quando os armazenamos de forma incorreta ou não prestando atenção às indicações prescritas nos rótulos. 


4 - Prepare a quantidade de comida necessária para não faltar nem sobrar:

Aqui deixamos algumas dicas do blog Arquitetando Estilos, usando as mãos para calcular a quantidade de alimento por pessoa:

  • Arroz: 1 mão fechada cheia se for acompanhamento, duas se for o prato principal.

  • Feijão: 1 punhado pequeno se for acompanhamento, dois punhados generosos como prato principal .

  • Macarrão tipo penne, parafuso ou gravatinha: 1 punhado bem generoso por pessoa.

  • Macarrão tipo espaguete: usar a tampa de uma garrafa pet, colocando o macarrão em pé dentro da tampa.

  • Carnes e peixes: 1 peça do tamanho da palma da mão (excluindo os dedos) equivale a 100g. Caso a pessoa goste muito de carne dobre a porção. 

  • Vegetais: uma porção do tamanho do punho se for acompanhamento.

  • Verduras: encher as duas mãos.


5) Faça download de aplicativos que ajudam a evitar desperdício

A Food To Save é um aplicativo que promove a redução de desperdícios em estabelecimentos, criando uma comunidade de consumidores dispostos a consumir alimentos em ótima qualidade que serão perdidos no final do dia pelo excedente de produção. Já o app Food Keeper tem informações sobre conservação e tempo de validade dos alimentos e sincroniza com a agenda do usuário, permitindo definir um alerta para data de vencimento dos alimentos. 


6) Congele alimentos de forma apropriada

Esta é uma ótima opção para conservar a comida e evitar desperdícios, mas vale seguir algumas dicas para não perder nem o sabor nem os nutrientes neste processo: 

  • Ao congelar vegetais é importante fazer o processo de branqueamento antes de congelá-los, técnica que consiste em cozinhar o alimento por pouco tempo em água fervente e, em seguida, resfriá-lo numa tigela de água gelada. 

  • Divida os alimentos em pequenas porções.

  • Utilize embalagens adequadas para cada tipo de alimento.

  • Coloque etiquetas com a data do congelamento, produtos congelados também tem prazo de validade.

  • Saiba quais alimentos não podem ser congelados, como ovos cozidos, batatas, folhas cruas, creme de leite, entre outros. 

  • Jamais recongele um alimento.

  • Entenda os locais adequados para o descongelamento de cada alimento.


7) Reaproveite tudo em novas receitas 

Muitas vezes, por não saber como consumi-los, acabamos jogando fora partes dos alimentos que podem ser consumidas e que muitas vezes contêm mais nutrientes do que aquelas que utilizamos - como talos, cascas e folhas. É possível fazer o aproveitamento integral dos alimentos com algumas receitas simples, diminuindo significativamente o desperdício e aproveitando tudo o que estes alimentos tem a oferecer para nossa saúde. 


Por fim, siga algumas iniciativas de combate ao desperdício de alimentos como #semdesperdício, o Banco de alimentos, e o Mesa Brasil. O combate à fome e o desperdício de alimentos é tão urgente que a organização do Prêmio Nobel elegeu o World Food Programme como ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2020, em reconhecimento ao seu trabalho para mitigar estas questões. 


Com relação ao desperdício, eles criaram a campanha #stopthewaste que inclusive conta com uma calculadora do quanto você pode economizar mudando alguns hábitos de consumo alimentar. Seja a mudança que você quer ver no mundo! Faça a sua parte também. 

Compartilhar:


Coloque em prática

5 aplicativos que vão te ajudar a organizar sua vida

Veja como a tecnologia pode organizar melhor o seu dia e fazer você ter mais tempo para se dedicar ao que realmente importa: você mesmo.

28 de Abril de 2020


Em um mundo moderno e imediatista como o nosso, cuidar da nossa vida sem pequenos auxílios parece tarefa impossível - ou pelo menos, muito difícil. Afinal, é preciso organizar as tarefas diárias, cuidar do corpo e da mente, e ainda ficar de olho nas finanças. Tudo isso ao mesmo tempo!


Mas fique calmo que a tecnologia pode te ajudar. A equipe Plenae separou alguns aplicativos que podem te ajudar nesse objetivo árduo que é manter-se em equilíbrio. Há uma infinidade de opções semelhantes aos nomes que apresentaremos a seguir, e até com funções que não foram citados por aqui.

Nosso foco não é contemplar todos eles, é claro, mas sim, gerar esse gatilho de mudança, para que você comece a usar cada vez mais o seu celular não somente para se distrair. Lembre-se: ele pode ser um forte aliado na sua rotina desde coisas simples até as mais complexas. Vamos lá!


Para cuidar das tarefas
O primeiro passo que você deve dar é organizar sua to do list . Isso pode ser feito manualmente e à moda antiga, em um caderninho de sua preferência ou até mesmo em um planner mais elaborado.

Mas existem aplicativos que desempenham a mesma função para você, com adendos bem interessantes, como sincronização de agenda e demais aplicativos, notificações que fazem seu celular apitar e te lembrar instantaneamente de algum compromisso, além de fácil compartilhamento com terceiros que possam estar envolvidos em seu planejamento de alguma forma.

O Wunderlist oferece tudo isso e muito mais. Disponível para android ou sistema iOS , o app é gratuito e possui uma das mais altas avaliações dentro de sua categoria, e é agora atrelado ao Microsoft To Do, antigo aplicativo com a mesma função. Ou seja, ele está ainda mais completo. Vale conferir e dar um start nas suas organizações!

Para cuidar das finanças
Uma vez que suas tarefas previstas estão devidamente organizadas, é hora de planejar o seu bolso e quanto essas atividades vão te custar. O aplicativo brasileiro Guiabolso tem como objetivo “te conectar com as melhores soluções financeiras para o seu momento”.

E o que isso significa? Que, uma vez que todas as suas contas estão conectadas, ele irá sincronizar os seus dados e te oferecer relatórios e dicas personalizadas com base no seu perfil e na sua realidade. Ele também categoriza os seus gastos para que você possa visualizar melhor para onde a maior parte do seu dinheiro está indo no seu mês.

Por fim, ele ainda oferece desconto em uma série de parceiros e até mesmo o serviço bancário de empréstimo. Para baixá-lo é só entrar na sua loja de aplicativos, pois ele é gratuito e disponível tanto para android quanto para sistema iOS . Importante: o aplicativo não realiza nenhuma movimentação financeira por você, ele somente tem acesso ao que você escolhe, conforme seus termos de uso, apresentar em termos de dados.

Para cuidar do corpo
Durante a quarentena, uma onda de aplicativos voltados à musculação vieram à tona. Essa é uma tendência que deve ser seguida e perpetuada mesmo quando toda a crise passar, pois ela democratiza a academia e torna os cuidados com o corpo mais acessíveis. Além disso, joga luz sobre esse tema tão importante.

Mas praticar exercícios físicos demanda ainda mais hidratação. O corpo humano necessita, em média, de 2 litros de água por dia. Se você estiver com sua musculação em dia, pode dobrar essa meta para 4 litros diários.

Um corpo bem hidratado mantém sua pele e cabelo igualmente hidratados, é benéfico para o bom funcionamento dos seus órgãos vitais, ajuda na diluição de gordura e sais minerais em excesso do nosso corpo, evita fadiga e dores de cabeça, entre outros muitos benefícios.

Como a quantidade pode ser alta para quem não tem o costume de beber água frequentemente, o aplicativo Hydro pode ser seu aliado nesse desafio. Apesar do nome em inglês, ele está inteirinho em português e é gratuito, tanto para iOS quanto para android

Além de calcular, com base no seu peso e altura, a quantidade de água aproximada que o seu corpo demanda, ele também traçará metas de hidratação que você deve atingir e te apresentará gráficos e estatísticas da sua evolução. Ele também oferece o sistema de notificações, que vão apitar em seu aparelho quando você deverá ingerir o líquido ao longo do seu dia.

Para cuidar da mente
Corpo e mente , como você já sabe, caminham juntos e devem estar em sincronia. Como já dissemos diversas vezes aqui no nosso portal, a meditação é uma prática milenar que ajuda a equilibrar os seus dois pilares e traz consigo ainda uma série de benefícios . Mas ela nem sempre é fácil, sobretudo aos que não estão acostumados a praticá-la.

Nessa matéria separamos algumas dicas valiosas que podem te ajudar nesse início. O aplicativo Medite.se tem como principal objetivo desmistificar a meditação e torná-la acessível a todos. Criado pelo brasileiro Tadashi Kadomoto, ele é gratuito, disponível para android e iOS e já conta com mais de 500 mil downloads.

A ideia é fazer de você o seu próprio personal trainer espiritual. Você conta com meditações guiadas, músicas próprias para a prática, estudos científicos que comprovam a eficácia do treinamento, gráficos da sua evolução, e ainda a informação de quantas pessoas meditaram junto com você naquele momento.

Para estudar e manter-se atualizado
Já sabemos: sua rotina é acelerada e provavelmente não comporta mais um curso, certo? Isso não é mais desculpas no século XXI. Você pode - e deve! - estudar onde e quando puder. Até porque, estudar pode te trazer propósito de vida. É para isso que iniciativas como o estudo a distância crescem e ganham cada vez mais força.

Nem mesmo aquele de línguas, que a tanto tempo você sonha em fazer, deve ficar de fora dessa. Existem vários apps que podem te apresentar novas línguas, ou ajudá-lo a praticar alguma que você já saiba, para não sair de forma. O mais antigo e bem avaliado de todos eles é o Duolingo .

Seu sistema é intuitivo e simples, fazendo com que o usuário rapidamente se encontre por ali e saiba mexer em pouco tempo. Seus módulos possuem um perfil de gamificação, ou seja, o uso de técnicas de design de jogos aplicados em seus ensinamentos, fazendo com que esse momento de estudo mais pareça uma partida de algum jogo qualquer, onde você conta com níveis e recompensas.

Ele ainda oferece sincronização com a sua conta profissional no Linkedin, permitindo o compartilhamento dos seus avanços no idioma para toda sua rede. Por fim, oferece inglês, espanhol, francês, italiano, alemão e esperanto. Baixe gratuitamente na sua loja de aplicativos android ou iOS e comece ainda hoje a brincar de aprender.

Gostou das nossas dicas? Lembre-se que todas elas podem te ajudar a avançar um passinho de cada vez rumo a uma vida mais plena, com seus pilares equilibrados, e assim, atingir bem-estar e porque não, longevidade. Compartilhe com a gente pelo Instagram sua evolução nesses e outros aplicativos. Iremos repostar na nossa conta @portalplenae e, assim, incentivar toda a comunidade a seguir o seu exemplo também.

Compartilhar:


Inscreva-se na nossa Newsletter!

Inscreva-se na nossa Newsletter!


Seu encontro marcado todo mês com muito bem-estar e qualidade de vida!

Grau Plenae

Para empresas
Utilizamos cookies com base em nossos interesses legítimos, para melhorar o desempenho do site, analisar como você interage com ele, personalizar o conteúdo que você recebe e medir a eficácia de nossos anúncios. Caso queira saber mais sobre os cookies que utilizamos, por favor acesse nossa Política de Privacidade.
Quero Saber Mais