Coloque em prática

Plenae Drops: Marina Zylberstajn e as redes de apoio

Marina Zylberstajn e suas redes de apoio fazem parte da quarta edição do Plenae Drops, a pausa que o seu dia precisa!

6 de Maio de 2021


Você sabe o que significa rede de apoio na maternidade? Para a psicóloga e pedagoga Marina Zylberstajn, coordenadora do projeto Laços, voltado para o acolhimento de pais e crianças com necessidades especiais, há três dicas principais para entender o conceito e criar uma rede para si.

Ela, que possui um filho com Síndrome de Down, diz que foi imprescindível ter os seus ao seu lado. Em um vídeo curto e recheado de dicas para o Plenae Drops, ela inicia dizendo o quanto a escuta do outro é importante para validar a nossa própria experiência.

Marina ainda reforça que não devemos ter vergonha de pedir ajuda e, quando a situação for contrária, e a nossa ajuda for solicitada, é preciso ir de braços abertos, sem pré-julgamentos e com uma escuta verdadeiramente empática, sem sobrepor a fala do outro com os seus próprios problemas.

Como tem sido a sua experiência de maternidade? Aperte o play e inspire-se! Plenae Drops , a pausa que você precisa.

Compartilhar:


Coloque em prática

Quer passar dos 100 anos?

Três dicas que podem aumentar suas chances de chegar longe!

17 de Julho de 2018


O número de americanos centenários aumentou 44%. E quem chega lá ainda vive bons anos, de acordo com um recente relatório dos Centros para o Controle e Prevenção de Doenças. Abaixo, três dicas que podem aumentar suas chances de seguir pelo mesmo caminho.
    1. Adote a dieta MIND O plano de alimentação enfatiza o consumo de grãos saudáveis, legumes e peixes. Limita carne vermelha e doces. A dieta reduz o risco da doença de Alzheimer – uma das principais causas de morte em pessoas com mais de 100, segundo os achados do CCPD.
    1. Exercite-se com vigor Estudo recente descobriu que pessoas de meia-idade ou idosas que fazem exercícios de alta intensidade – ou ao menos que os façam suar – podem reduzir o risco morte em até 13 %, em comparação com os praticantes de atividades moderadas.
  1. Tenha um propósito na vida Os pesquisadores seguiram 136 mil pessoas nos Estados Unidos e no Japão por sete anos. Os participantes que relataram forte senso de significado na vida tinham risco de morte quase 20% menor do que aqueles que não o possuíam ao longo do estudo.
Leia o artigo original aqui.

Fonte: HEALTH.COM Síntese: Equipe Plenae

Compartilhar:


Inscreva-se na nossa Newsletter!

Inscreva-se na nossa Newsletter!


Seu encontro marcado todo mês com muito bem-estar e qualidade de vida!

Grau Plenae

Para empresas
Utilizamos cookies com base em nossos interesses legítimos, para melhorar o desempenho do site, analisar como você interage com ele, personalizar o conteúdo que você recebe e medir a eficácia de nossos anúncios. Caso queira saber mais sobre os cookies que utilizamos, por favor acesse nossa Política de Privacidade.
Quero Saber Mais