O ingrediente secreto dos avós

Com as mãos enrugadas, ela estica a massa.

26 de Julho de 2023


Com as mãos enrugadas, ela estica a massa. Sova o conjunto de farinha, ovos, leite, fermento, tudo com uma força e delicadeza que não são antagônicas, mas sim, mágicas. A paciência é o melhor tempero, ela sempre dizia. Mas eu discordo: é o amor daquele ato de serviço que torna tudo inesquecivelmente saboroso e deixa uma sensação de que nada nunca mais será igual.

Falar de avós é ir além do cheiro da cozinha que toma todo o ambiente e embala em uma nuvem de afeto e segurança. É mais do que isso. Falar de avós é fechar os olhos e imediatamente ser transportado para um outro espaço-tempo do universo, onde esse laço parecia ser o suficiente para manter tudo, absolutamente tudo, amarrado. 

Falar de avós é falar também de ancestralidade. Do segredo que aqueles que vieram muito antes parecem guardar em um simples olhar. Do esforço para compreender, sejam as novas tecnologias, sejam as escolhas de seus netos que, em um outro tempo, não fariam sentido. De fé inabalável, seja ela qual for. 

Falar de avó é inundar-se de um bem querer imediato, de um respeito intransponível. É recordar de bordões hilários, de lições sábias e de ingredientes secretos. Mas a lembrança principal que os avós nos trazem é o colo. A doação. A continuidade. O abraço onde cabe o mundo, ainda que esse mundo seja somente uma família inteira. 

Para os que estão com a gente ou para aqueles que já completaram a sua linda trajetória: um feliz Dia dos Avós! A todos eles que pavimentaram os caminhos com doçura e destreza para que hoje a gente possa caminhar com liberdade. 

O ingrediente secreto dos avós O ingrediente secreto dos avós O ingrediente secreto dos avós O ingrediente secreto dos avós

Compartilhar:


A conquista da solitude

Solidão e solitude são conceitos diferentes, quase conflitantes, apesar de prefixos idênticos.

15 de Abril de 2024


Solidão e solitude são conceitos diferentes, quase conflitantes, apesar de prefixos idênticos. Se o primeiro termo fala de um sentimento ruim, originário de uma situação imposta, o segundo fala sobre uma atitude perante a vida. A solidão não é uma opção intencional e agradável, remete à melancolia. A solitude é simplesmente saber ser só e gostar de sua própria companhia. 

Mas saber ser só é tarefa que exige de nós habilidades múltiplas. A capacidade de silenciar-se e permitir-se ouvir o barulho ao seu redor sem contribuir como falante, apenas como ouvinte. A resiliência de tentar quantas vezes for preciso algum processo interno ou externo, mas que depende só de você.  

Saber ser só não é saber com profundidade aquilo que te faz bem e, mais do que isso, o momento certo das coisas. É também ser grande o suficiente para escolher quando se quer estar com os outros ou não, pois a solitude não precisa ser condição eterna. Lembre-se: é preciso partilhar a vida com seus semelhantes. 

Caminhar em alegria e harmonia consigo é ter atingido um nível profundo de autoconhecimento e paz interior, mas que não são inabaláveis, pois a vida não é uma linha reta e são as curvas que tornam o trajeto tão bonito. É preciso saber ser só, pois essa é enfim a condição humana. Afinal, grande parte do nosso tempo, estamos com mais ninguém senão nós mesmos.  

E que lindo é poder se olhar no espelho e gostar daquilo que se vê para além da beleza física. Que importante é poder andar sem fones, ouvindo seus próprios pensamentos. Como é bom rir sozinho, cozinhar o seu prato favorito, respeitar os seus limites. E que potente é vislumbrar um futuro onde todos os seus planos têm você por toda a parte. Viva a solitude daqueles que sabem ser só!

A conquista da solitude A conquista da solitude A conquista da solitude A conquista da solitude

Compartilhar:


Inscreva-se na nossa Newsletter!

Inscreva-se na nossa Newsletter!


Seu encontro marcado todo mês com muito bem-estar e qualidade de vida!

Grau Plenae

Para empresas
Utilizamos cookies com base em nossos interesses legítimos, para melhorar o desempenho do site, analisar como você interage com ele, personalizar o conteúdo que você recebe e medir a eficácia de nossos anúncios. Caso queira saber mais sobre os cookies que utilizamos, por favor acesse nossa Política de Privacidade.
Quero Saber Mais