#PlenaeApresenta: Regina Ramos e a força do autoconhecimento

Na décima temporada do Podcast Plenae, inspire-se com a jornada de autoconhecimento de Regina Ramos.

20 de Novembro de 2022



Nunca falamos tanto sobre saúde mental. O tema, que está em alta e presente por toda a parte, ainda é espinhoso e misterioso para muita gente. Isso porque, quando falamos no pilar Mente, falamos principalmente sobre autoconhecimento. Não há movimentação que se faça sem que se esbarre nessa tarefa difícil que é mergulhar dentro de si. 


Regina Ramos trabalhou por toda a vida como psicóloga, auxiliando a jornada de autoconhecimento do outro. Foi quando se deparou com um câncer de estômago que todo o curso de sua vida mudou. De psicóloga, ela passou a ser paciente, mas a vontade de vencer e ver a formatura de seus filhos sempre esteve presente. 


A doença lhe transformou de tal maneira que até mesmo sua carreira foi afetada. Hoje, Regina se dedica a biografias humanas, exercício que para ela é ponte direta para auxiliar o outro com, justamente, o autoconhecimento. Vencedora, ela retribui hoje de forma generosa segurando a mão de quem há muito se perdeu e busca se encontrar. Emocione-se sem economizar. Aperte o play e inspire-se!

Compartilhar:


#PlenaeApresenta: Fernanda Ribeiro e o empreendedorismo libertador

Apresentamos a empreendedora Fernanda Ribeiro, representante do pilar Contexto na décima segunda temporada do Podcast Plenae.

30 de Maio de 2023



“A jornada de um empreendedor preto é totalmente diferente da jornada de um empreendedor não preto.” É com essa afirmação que a co-fundadora da Conta Black, Fernanda Ribeiro, inicia o seu episódio. Ele marca também outro início: a décima segunda temporada do Podcast Plenae.

Representando o pilar Contexto, Fernanda relembra a infância solitária que a tornou a adulta criativa e independente no futuro. O contraste de estudar em uma escola particular vindo de uma realidade mais simples foi outra chaga em sua trajetória, que poderia ter sido um trauma mas, para ela, se tornou um aprendizado.

Quando se lançou ao mercado de trabalho, conheceu a face feia da Síndrome de Burnout de perto, em uma época onde a doença ainda não era amplamente debatida. Grande parte dessa sobrecarga estressante se dava a um fato que a acompanhou por toda sua vida: a cobrança interna em ser duas vezes melhor do que os demais por conta da sua cor. 

Independente do que fizesse e para onde fosse, Fernanda continuaria negra e, portanto, continuaria representando uma triste minoria em ambientes de trabalho. E esse relato, apesar de ser a respeito de sua trajetória individual, é o retrato de uma realidade muito maior e de tantos outros. Afinal, apesar de corresponderem a mais da metade da população brasileira - 55,8%, mais especificamente, eles ainda ganham menos e sofrem mais com as taxas de desemprego.

Diante dessa situação, Fernanda canalizou sua experiência como mulher negra e como profissional e buscou facilitar e pavimentar caminhos para que outras pessoas negras pudessem também chegar mais longe. E foi por meio do terceiro setor que a sua jornada pessoal começou pra valer.

O resto é história! História essa que você confere no episódio completo de Fernanda, no seu streaming de preferência. Aperte o play e inspire-se! 

Compartilhar:


Inscreva-se na nossa Newsletter!

Inscreva-se na nossa Newsletter!


Seu encontro marcado todo mês com muito bem-estar e qualidade de vida!

Grau Plenae

Para empresas
Utilizamos cookies com base em nossos interesses legítimos, para melhorar o desempenho do site, analisar como você interage com ele, personalizar o conteúdo que você recebe e medir a eficácia de nossos anúncios. Caso queira saber mais sobre os cookies que utilizamos, por favor acesse nossa Política de Privacidade.
Quero Saber Mais